HOME / A importância do investidor social na transformação

A importância do investidor social na transformação

sexta-feira, 30 de julho de 2021

TAGS:

O investidor social pra Rede Cruzada impacta vidas. Desde março de 2020, a Rede Cruzada vem trabalhando em novas ações para ajudar a reduzir os impactos causados pela pandemia.

Em especial no Brasil, são milhões de famílias que foram vitimadas e tiveram suas vidas transformadas econômica, social e emocionalmente.

Segundo matéria publicada na BBC Brasil, em 2020 já somávamos mais de 19 milhões de pessoas que viviam em situação de fome.

O impacto também atingiu o acesso aos serviços básicos.

A UNICEF alerta que em 2020 mais de 5 milhões de crianças não tiveram acesso à educação no país e a maioria delas está entre 6 e 10 anos. 

Continue a leitura e saiba como você pode contribuir conosco para juntos levarmos o alimento e a informação às famílias e possibilitar o acesso à educação de crianças e adolescentes.

Manutenção e extensão do atendimento da Rede Cruzada

A fome e a falta de acesso à educação, que já eram problemas sérios no nosso país, acabou se agravando em virtude da pandemia.

Diante dessa realidade, a Rede Cruzada atuou para levar o alimento e a informação à comunidade, bem como possibilitar o acesso à educação das crianças assistidas nas nossas unidades.

A pandemia, de forma geral, trouxe mais despesas para a instituição. Isso aconteceu porque precisamos:

  • adaptar nossas instalações para atender as exigências dos órgãos de saúde, 
  • ter uma boa quantidade de máscaras e álcool gel para os colaboradores, alunos e familiares,
  • adaptar muitas atividades para o ambiente online.

A continuidade dos nossos trabalhos só foi possível com a ajuda de colaboradores voluntários que chamamos de investidores sociais e que são tocados pelo sentimento de auxílio ao próximo. 

Apoio às famílias e educação para as crianças

Diante do cenário gerado pela pandemia, a Rede Cruzada atuou em várias frentes para diminuir os impactos causados por ela.

Para isso, desenvolvemos as seguintes atividades:

Orientação e informação

Percebemos uma carência de informação nas comunidades a respeito do vírus.

Por isso, investimos em levar dados e orientações em relação aos cuidados, prevenção e riscos da Covid-19.

Distribuição de álcool gel e máscaras

Fornecemos máscaras e álcool gel como forma de contribuir na prevenção e reduzir o risco de contágio. 

Foram distribuídas 8.950 máscaras entre as famílias atendidas e colaboradores da instituição e mais 5.000 frascos de álcool em gel.

Isso não seria possível sem a contribuição financeira do investidor social. 

Aproveitamos para agradecer, especialmente, a Pierre Fabre e a Fashion Masks pela ajuda nesse sentido.

Promoção da saúde mental

Também nos preocupamos em cuidar e promover a saúde mental tanto dos responsáveis das nossas crianças e adolescentes, como dos nossos colaboradores diante de um cenário de medo, tristeza, luto e desesperança. 

Criamos uma equipe especial para ouvir e levar apoio, segurança e conforto a todos os envolvidos na Rede Cruzada.

Todo o trabalho foi realizado por meio de produções de vídeos educativos e esclarecedores.

Distribuição de cestas básicas

Tão importante quanto levar a informação para ajudar a promover a saúde física e mental, é também oferecer o alimento.

Aqui enfatizamos a importância do investidor social: por meses, graças a ajuda financeira recebida, conseguimos atender mais de 300 famílias em estado de vulnerabilidade. 

Acesso à educação de qualidade

As atividades pedagógicas foram adaptadas para o ambiente online, apesar de enfrentarmos um grande desafio, que era a falta de acesso à internet pela maioria deles. 

Atualmente, nossas atividades retornaram no formato presencial, o que nos gera despesas para oferecermos todas as medidas de seguranças aos alunos, visitantes, professores e demais colaboradores.

Disponibilizamos nas nossas unidades Educação Infantil, atividades esportivas e culturais, centro de convivência de idosos e cursos profissionalizantes:

Casa Emilien Lacay, em Jacarepaguá. 

Atendemos 160 crianças de 2 a 5 anos e 11 meses e 64 idosos.

Plantando o Amanhã, situada em Del Castilho.

São atendidas 197 crianças entre 5 e 11 anos e 64 outros alunos, entre adolescentes, jovens e adultos.

Nessa unidade também são atendidas 425 crianças em atividades esportivas. 

Casa de Leylá, no Sampaio.

Temos 145 crianças de 4 meses a 4 anos e 11 meses nessa unidade.

CEI Daschú, em São José do Vale do Rio Preto. 

Aqui atendemos 71 crianças de 2 anos a 4 anos e 11 meses.

A educação que transforma acontece em cada unidade e em todas as fases da vida.

Que tal se tornar um investidor social da Rede Cruzada, ajudando a transformar vidas colaborando na construção de uma sociedade mais justa e igualitária para todos? Acesse nosso site e saiba como você pode fazer isso.

Compartilhar:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comments