HOME / 10 brincadeiras educativas para fazer com as crianças em casa

10 brincadeiras educativas para fazer com as crianças em casa

segunda-feira, 28 de junho de 2021

TAGS:

Existem diversos tipos de brincadeiras educativas que ensinam as crianças de forma lúdica e divertida.

É uma alternativa de fazer com que elas aprendam brincando, de modo leve e despretensioso. Dessa forma, o aprendizado fica ainda mais interessante para os pequenos.

Com a pandemia e o distanciamento social, tudo fica ainda mais complicado, pois a criança não pode se reunir com os amigos para se divertir e aprender socializando.

Então, é necessário que os pais ou responsáveis assumam esse papel e proporcionem uma rotina ativa de brincadeiras educativas.

Quer saber mais sobre o assunto? Então confira o que preparamos para você!

Quais brincadeiras educativas fazer com as crianças?

As brincadeiras educativas são formas de divertir a criança enquanto exercita alguma capacidade motora.

Com os pequenos passando mais tempo em casa por consequência do isolamento social, é fundamental encontrarmos formas de distraí-los.

Nem sempre os filmes, desenhos e as atividades escolares são o suficiente. Aliás, a brincadeira é parte fundamental para a rotina.

Existem alguns passatempos, em especial, que são indicados para essa finalidade.

São eles:

  1. stop!,
  2. telefone sem fio,
  3. cabana,
  4. imitar animais,
  5. desenho,
  6. contação de histórias,
  7. caça ao tesouro,
  8. jogos de tabuleiro,
  9. leitura,
  10. faz de conta.

A maioria dessas brincadeiras não precisa de nenhum instrumento específico e, as que necessitam algum objeto, são coisas simples, facilmente encontradas em casa.

Deixe a imaginação rolar e aproveite esse momento para voltar a ser criança e se divertir junto.

Vale também criar  recreações e deixar a criatividade fluir.

Qual é a importância da brincadeira para a aprendizagem?

Trata-se de uma parte fundamental para a infância, pois é por meio dela que a criança descobre o mundo, explora, aprende e interage com outras pessoas.

As brincadeiras educativas entram como uma forma de apresentar informações de forma lúdica, sem ser maçante ou forçado.

Elas desenvolvem pontos como:

  • autoconfiança,
  • autonomia,
  • curiosidade,
  • pensamento,
  • atenção,
  • imaginação,
  • memória,
  • comunicação,
  • linguagem (verbal e corporal),
  • entre diversos outros.

Estabeleça uma rotina onde seja possível brincar pelo menos um pouco todos os dias. Isso evita que a criança fique estressada e ansiosa por não poder sair de casa.

Nem sempre os pequenos conseguem entender o momento em que estamos vivendo, ainda mais se forem muito novos.

É uma nova e dura realidade para todos nós e que pode não fazer muito sentido para eles. Portanto, devemos proporcionar momentos de descontração para que eles sintam o menor impacto possível.

Afinal, os anos iniciais representam uma importante fase para a formação da personalidade de cada um e a privação de momentos de diversão podem causar um impacto negativo.

Estimule a imaginação e o interesse da criança para atividades fora do âmbito virtual.

Por mais que a tecnologia tenha chegado para nos ajudar, a longo prazo ela pode não ser tão benéfica para o desenvolvimento dos pequenos.

Dessa forma, por mais difícil que possa ser, é imprescindível estabelecer limites diários para a diversão digital.

Gostou de saber mais sobre as brincadeiras educativas, seus benefícios e tipos de recreações para fazer com as crianças? Então aproveite e confira a importância da comunicação que integra espaço educativo com a família.

Compartilhar:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comments